Vendedora tem parte da orelha arrancada após cobrar dívida de cliente no TO

Uma vendedora teve parte de uma orelha arrancada após cobrar dívida de uma cliente — a agressora de 25 anos não teve o nome divulgado. O caso ocorreu na última quarta-feira (6), em Araguaína, no Tocantins.

O que aconteceu

Raylland Ferreira, 28, vendeu pouco mais de R$ 1 mil em semijoias a uma mulher e combinou um prazo para pagamento. Após passar o tempo combinado, a vendedora cobrou, por meio do WhatsApp, o restante do valor a ser pago.

A cliente respondeu que não tinha o dinheiro e precisava de um novo prazo. A vendedora disse que não podia esperar e as duas discutiram por meio de mensagens. Posteriormente, Raylland expôs o teor da conversa nas redes sociais, o que irritou a devedora. As informações são da Polícia Militar do Tocantins.

A cliente devedora foi até a loja em que Raylland trabalhava e passou a agredi-la com um capacete e socos. As duas entraram em uma luta corporal, momento em que a agressora arrancou parte da orelha da vendedora com uma mordida.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para prestar os primeiros socorros. Em seguida, a vítima foi levada para o Hospital Regional de Araguaína e recebeu pontos no local em que a orelha foi cortada.

A agressora tentou fugir, mas foi localizada e conduzida até a delegacia de Polícia Civil de Araguaína. Ela foi autuada por lesão corporal e liberada. Como não teve a identidade divulgada, o UOL não conseguiu localizar sua defesa para pedir posicionamento. O espaço segue aberto para manifestação.

Vítima vai passar por cirurgia plástica

Raylland Ferreira expôs o ocorrido nas redes sociais. Ela explicou que foi vítima de agressões físicas e verbais e saiu "prejudicada" ao perder parte da orelha.

Continua após a publicidade

"Eu fiquei prejudicada nessa história. Acabei perdendo um pedaço da minha orelha, que foi onde a agressora mordeu, arrancou o pedaço da minha orelha", contou.

A vendedora mostrou como ficou sua orelha e relatou que precisaria ser submetida a uma cirurgia plástica, mas disse não ter condições financeiras para arcar com os custos do procedimento.

"Eu estou bem, mas quando olho para minha orelha, fico triste, porque eu trabalho como semijoias e preciso expor as peças em mim, então isso não é fácil", falou.

Com a repercussão do caso, a influenciadora de Araguaína Karol Digital se dispôs para custear a cirurgia de Raylland.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes