Conteúdo publicado há 1 mês

GO: Solto, prefeito suspeito de tentar matar ex com 15 tiros volta ao cargo

A Justiça de Goiás revogou a prisão preventiva do prefeito de Iporá (GO), suspeito de invadir a casa de sua ex-esposa e atirar 15 vezes.

O que aconteceu

O prefeito Naçoitan Araújo Leite (sem partido) já voltou ao cargo. A informação foi confirmada ao UOL pelo advogado dele, Thales José.

Prefeito vai usar tornozeleira eletrônica. A Justiça estabeleceu uma série de medidas cautelares ao político.

Naçoitan também não pode se aproximar ou manter contato com a ex e familiares dela. A decisão do juiz Wander Soares Fonseca é de sexta-feira (16).

Ataque a tiros

O prefeito teria invadido a casa da ex-esposa e atirado 15 vezes contra a porta do quarto dela, segundo as investigações. Caso aconteceu em 18 novembro de 2023.

Para entrar na casa, ele teria destruído o portão com sua caminhonete. Ninguém foi atingido e o político ficou foragido.

Eles estavam separados havia cerca de dois meses. A informação foi passada por fontes da Polícia Civil ao jornal O Popular, um dos principais de Goiás.

Dentro da casa, estava a ex-mulher de Leite e o namorado dela. O casal disse que se trancou no quarto após serem surpreendidos pelo barulho do choque da caminhonete contra o portão.

Continua após a publicidade

Em caso de violência, denuncie

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.

Também é possível realizar denúncias pelo número 180 — Central de Atendimento à Mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes