Conteúdo publicado há 3 meses

Gabinete de segurança pública de SP retornará para capital, diz secretário

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, anunciou nesta segunda-feira (19) que o gabinete da SSP-SP retornará para a capital paulista. A cúpula de segurança havia sido transferida para a cidade de Santos, em meio a mortes de policiais e suspeitos na Baixada Santista.

O que aconteceu

Derrite ressaltou que, apesar do retorno para a capital, a operação na Baixada Santista continua. O anúncio foi feito em um vídeo publicado nas redes sociais. Nas imagens, Derrite aparece ao lado do coronel Cássio Araújo de Freitas, comandante-geral da PMSP.

O secretário explicou que segurança no litoral vai continuar reforçada. "A partir de hoje [dia 19 de fevereiro], eu retomo as atividades o gabinete de Segurança Pública para São Paulo, porém, a operação continua aqui na Baixada Santista, com reforço de efetivo, com policiais vindo de São Paulo para reforçar as atividades com ações de inteligência que já culminaram com prisões importantes", esclareceu.

Ele agradeceu o trabalho dos agentes e classificou a atuação como "corajosa" e "proporcional". "A operação continua, o trabalho de inteligência continua, o trabalho de combate ao crime organizado também continua. Aqui fica o meu agradecimento a todos policiais civis e militares por todo esse enfrentamento técnico, proporcional e muito corajoso".

Derrite confirmou a morte de um suspeito durante a ação policial hoje, na Baixada. "Policiais da Rota, infelizmente, foram recebidos a tiros em uma comunidade, em Santos, Caminhos das Pedras, próximo ao Morro do Teteu. Os policiais reagiram de maneira proporcional, neutralizando o indivíduo que estava com uma pistola glock. Drogas também foram apreendidas", segundo anúncio do secretário.

Ao menos 28 suspeitos morreram em fevereiro

A ação da PM na Baixada Santista resultou em 28 mortes de suspeitos só neste mês. Os dados são do governo de SP, igualando o número de óbitos da Operação Escudo, que durou 40 dias e foi concluída em setembro de 2023.

SSP faz balanço de operação. A Secretaria da Segurança Pública diz ter prendido 681 pessoas, incluindo 254 procurados pela Justiça. A pasta diz ainda ter apreendido cerca de 160 quilos de drogas e 79 armas, incluindo fuzis.

Continua após a publicidade

No dia 7 de fevereiro, Guilherme Derrite anunciou a transferência do gabinete da capital paulista para a cidade de Santos. Na ocasião, ele afirmou que objetivo era coibir o crime organizado de forma mais "efetiva", após a morte de policiais na região. Ele também informou que o efetivo de policiais seria ampliado, na terceira fase da Operação Verão.

Deixe seu comentário

Só para assinantes