Conteúdo publicado há 1 mês

Suspeito de descartar carro usado em morte de Marielle é preso no Rio

Um homem apontado como o responsável por descartar o carro utilizado pelos assassinos da então vereadora Marielle Franco (PSOL), em 2018, foi preso nesta quarta-feira (28) no Rio de Janeiro.

O que aconteceu

A ação da PF (Polícia Federal) e do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) prendeu o suspeito próximo à residência dele, na cidade de Duque de Caxias. O mandado de prisão foi expedido pela 3ª Câmara Criminal da capital.

Ele seria dono do ferro-velho que recebeu, realizou o desmanche e descartou o veículo usado na morte da vereadora e do motorista Anderson Gomes.

O homem já havia sido denunciado pelo MP-RJ em agosto de 2022. Segundo a denúncia, ele impediu e atrapalhou as investigações sobre infrações penais envolvendo organização criminosa, causando prejuízos à investigação.

O suspeito foi conduzido à Superintendência Regional da PF, na capital. Depois, ele será encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Deixe seu comentário

Só para assinantes