Conteúdo publicado há 1 mês

Dois policiais são presos após invadir casa de morador para furtar no Rio

Dois policiais civis foram presos na manhã de hoje em uma operação do MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) suspeitos de terem invadido a casa de um morador e furtado dinheiro e itens pessoais.

O que aconteceu

Os dois agentes levaram R$ 9 mil, uma aliança de ouro, uma pistola com certificado e uma carteira de habilitação do homem. A invasão teria ocorrido no bairro Vaz Lobo, na zona norte do Rio de Janeiro, no dia 30 de janeiro. Segundo o MP, o dinheiro fazia parte de uma economia do morador com o salário da empresa em que trabalhava.

Os itens furtados nunca foram levados para uma apreensão formal à Polícia Civil. Além disso, os policiais entraram livremente na comunidade em que o morador vivia, sem confronto com os traficantes locais, o que levantou suspeitas ao Ministério Público.

Eles são investigados por crimes de associação criminosa armada, abuso de autoridade e furto concurso de pessoas e peculato. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Taquara Recreio dos Bandeirantes Mangaratiba e Centro do Rio.

Os policiais foram suspensos de suas funções públicas. Eles faziam parte da Delegacia de Polícia de Taquara. Os dois também perderam o direito de porte de armas.

Deixe seu comentário

Só para assinantes