Conteúdo publicado há 3 meses

Chuvas no ES: Número de mortes sobe para 20; 7 pessoas seguem desaparecidas

O número de pessoas mortas após chuvas no Espírito Santo no último final de semana subiu para 20. A informação é de boletim divulgado na manhã de hoje.

O que aconteceu

Maioria dos mortos estão em Mimoso do Sul. Ao todo, 18 pessoas foram encontradas sem vida no município. Outros dois mortos foram identificados na cidade de Apiacá.

Há 7 desaparecidos. Todos os desaparecidos estavam no município de Mimoso do Sul, informou a Defesa Civil.

Mais de sete mil desalojados. Ao todo, 7.296 pessoas estão desalojadas e sem previsão para voltar para casa. O número de desabrigados (aqueles que perderam as residências) é de 408.

Previsão do tempo. A projeção dos órgãos estaduais é de que a região sudoeste do estado ainda seja afetada por chuvas fortes hoje, com registro de até 70 milímetros em cidades como Guaçui, Ibitirama e Dores do Rio Preto.

Volume de chuva inferior ao do fim de semana. O volume previsto nas máximas de hoje é quatro vezes menor do que o registrado nas cidades mais atingidas no fim de semana, quando o acumulado chegou perto de 300 milímetros.

Mortes no Rio de Janeiro

A região serrana foi a mais atingida. Em Petrópolis, quatro pessoas de mesma família morreram soterradas no bairro da Independência. Uma menina de 4 anos foi retirada com vida dos escombros. Em Teresópolis, cidade próxima, uma criança e um adolescente morreram soterrados em um deslizamento na comunidade da Coreia.

Baixa Fluminense teve dois mortos. Um motorista se afogou após cair com um caminhão em um rio de Duque de Caxias. Em Nilópolis, um homem que ficou soterrado em um desabamento morreu ontem (22).

Continua após a publicidade

Litoral teve morte causada por raio. Em Arraial do Cabo, um ambulante morreu atingido pela descarga elétrica enquanto recolhia materiais de trabalho na praia do Pontal do Atalaia.

Deixe seu comentário

Só para assinantes