Conteúdo publicado há 1 mês

Brasileiro apontado como líder do PCC é preso em casa de luxo no Paraguai

O brasileiro Hugo Dylan Hilario, conhecido como "HG", foi preso em uma operação no Paraguai. Ele é apontado como uma liderança do PCC e foi detido em uma casa de luxo na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira.

O que aconteceu

Também foram presos os brasileiros Henddryu Henrique Bento da Silva e Lucas Felipe Soares Melo. As prisões ocorreram no âmbito da Operação Fronteira Segura IX, uma ação da PF (Polícia Federal) com a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai), segundo divulgaram hoje as duas polícias.

A suposta liderança do PCC responde na Justiça brasileira por diversos crimes, como: associação ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

A ação também apreendeu porções de maconha e armas, segundo a PF e a Senad. Foram encontrados três fuzis, 123 cartuchos 223 mm, uma pistola, quatro carregadores, 50 munições, veículos de luxo, joias e dinheiro (em real, guaranis —moeda paraguaia— e dólares).

Os três são suspeitos de envolvimento em diversos homicídios no Paraná e em Santa Catarina. As mortes teriam relação com disputas entre facções criminosas.

O trio vai ser deportado para o Brasil. Eles serão encaminhados ao sistema prisional brasileiro, informou a Senad.

O UOL não conseguiu localizar a defesa dos suspeitos. O espaço segue aberto para manifestação.

Veículos apreendidos
Veículos apreendidos Imagem: Divulgação

Deixe seu comentário

Só para assinantes