Conteúdo publicado há 27 dias

Macacos de parque no DF pegam comida de visitantes e fazem 'arrastão'

Macacos foram flagrados em vídeo fazendo uma espécie de ''arrastão'' no Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral.

O que aconteceu

Os macacos abriram mochilas, pegaram sacolas e levaram potes de comida. Um dos visitantes do Parque, Victor Rodrigues, publicou um vídeo da cena nas redes sociais na sexta-feira (19) e contou que ''eles tocaram o terror''.

Uma das visitantes tenta recuperar os pertences e um dos macacos avança contra ela, mostrou o vídeo. Após invadir os piqueniques, os animais saem correndo e são vistos comendo a comida roubada em cima de uma árvore.

Os casos têm deixado os frequentadores assustados. O ICMBio (Instituto Chico Mendes), responsável pela conservação da biodiversidade nacional, informou ao UOL que os ''arrastões'' estão se tornando cada vez mais frequentes. ''As pessoas estão trazendo muitos alimentos, o que não é bom para a nutrição da espécie, que encontra alimento farto na fauna e flora do parque.''

O ICMBio também disse que os animais, da espécie macaco-prego, podem oferecer risco às pessoas. Caso se sintam ameaçados, eles podem arranhar ou morder. Além disso, são potenciais transmissores de Raiva e outras doenças similares.

O Instituto orienta os visitantes a manterem seus pertences próximos e mudar de local ao perceberem a aproximação de macacos. ''Se houver alguma situação mais séria envolvendo a fauna, a equipe de fiscais treinados é acionada'', explica.

Deixe seu comentário

Só para assinantes