RS tem previsão de dias sem chuva após mês mais chuvoso desde 1910

A previsão do tempo indica dias sem chuva para o Rio Grande do Sul após o estado registrar o mês mais chuvoso desde 1910, quando a análise começou a ser feita de forma regular.

O que aconteceu

Sol aparece a partir de hoje. A previsão é de tempo bom e sem chuva para grande parte do Rio Grande do Sul, apesar do frio, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

No litoral norte gaúcho, há chance de chuva fraca e pontual, informou o Climatempo.

Massa de ar frio derrubou as temperaturas. As manhãs serão geladas e há condição para formação de geada em algumas cidades. A mínima pode chegar a 5ºC em regiões serranas.

No feriado de Corpus Christi, tempo continua firme e muito frio, apesar do sol. O risco de geada aumenta na Serra gaúcha e o dia pode começar com névoa em Porto Alegre.

Recorde histórico de chuvas

A chuva acumulada em Porto Alegre neste mês alcançou a marca de 513,6 mm na segunda-feira (27), às 9h, segundo levantamento da agência meteorológica MetSul. As enchentes no estado deixaram pelo menos 169 mortos, além de desaparecidos e desabrigados.

Maio de 2024 é o mês mais chuvoso desde que a análise começou a ser feita de forma regular, em 1910. Antes, setembro de 2023 era o mês com maior acumulado de chuva, 447,3 mm; seguido de maio de 1941, 405,5 mm; junho de 1944, 403,6 mm; abril de 1941 com 386,6 mm; e junho de 1982 com 365,6 mm.

Número representa 34% da média anual de chuva na capital gaúcha (1991-2020), de 1494,6 mm. Considerando o mesmo período, esse montante de chuva é 455% da precipitação média mensal, de 112,8 mm.

Deixe seu comentário

Só para assinantes