Conteúdo publicado há 1 mês

PM de folga é morto a tiros após confusão em adega na zona leste de SP

Um policial militar de 36 anos que estava de folga foi morto com a própria arma durante discussão em uma adega na madrugada de sábado (15), na Vila Jacuí, na zona leste de São Paulo.

O que aconteceu

Policial foi levado a hospital, mas morreu ao chegar ao local. Segundo a polícia, PMs foram acionados para atender a ocorrência. Ao chegarem ao endereço a vítima já estava baleada. A identidade do policial não foi revelada.

Investigação foi aberta para apurar o caso. Investigadores do DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa) fizeram diligências no local da ocorrência e pediram exames periciais ao Instituto de Criminalística e ao IML (Instituto Médico Legal).

Arma do PM não foi encontrada. O momento da briga foi gravado por câmeras de segurança e exibido pela TV Globo. Nas imagens, pelo menos quatro pessoas cercam o policial. Uma delas consegue pegar a arma do agente, que corre para se afastar do grupo, mas é atingido nas costas. A SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo) diz que ainda busca a arma do policial.

Amigos lamentam a morte. Um dos amigos escreveu que o PM fará muita falta na vida de todos. "Descanse em paz. Você lutou o bom combate. Vai com Deus, guerreiro. O quintal não será o mesmo. A sua alegria contagiava a todos", comentou. "[Nesta semana] você esteve aqui e infelizmente não te vi, pois cheguei tarde do trabalho. Soldado que combateu o bom combate. Minha lembrança de você será sempre o sorriso no rosto", escreveu outro.

Não há informações sobre o velório e sepultamento do policial.

Deixe seu comentário

Só para assinantes