PUBLICIDADE
Topo

Renata Souza, do PSOL, quer processar Crivella por fake news em debate

Renata Souza, candidata à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PSOL - Reprodução/Facebook
Renata Souza, candidata à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PSOL Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

02/10/2020 15h24

A candidata do PSOL à prefeitura do Rio, Renata Souza, informou hoje que vai acionar a Justiça para que o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) seja responsabilizado por uso de fake news no debate de ontem, na Band.

O atual prefeito afirmou "que se o PSOL for eleito vai ter na escola orientação sexual, kit gay e vão induzir à liberação de drogas".

No programa de governo da candidata que foi apresentado ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) não constam as expressões "Kit gay" ou "orientação sexual".

A questão das drogas é mencionada quatro vezes, nas áreas de assistência social, segurança pública e saúde mental, mas sem nenhuma menção a uma possível liberação.

"É a mesma mentira usada por Bolsonaro para atacar o PSOL. Crivella tem que se explicar na justiça. Ele deveria estar preocupado em debater propostas para lidar com a pandemia e recuperar o Rio. Com mais de 10 mil mortos na cidade, ele gasta o tempo do debate com fake news", afirmou a candidata em nota.