PUBLICIDADE
Topo

'Vamos ganhar todos os processos', diz Covas sobre acusação de improbidade

Wanderley Preite Sobrinho

Do UOL, em São Paulo

11/11/2020 10h07

Candidato à reeleição, o prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) afirmou, ao chegar hoje para o debate UOL/Folha, que vencerá o processo em que é acusado de improbidade administrativa. Aparentemente irritado, respondeu com perguntas ao ser questionado sobre as acusações contra o seu candidato a vice, Ricardo Nunes (MDB).

Covas foi acusado de improbidade administrativa sob suspeita de direcionar duas licitações: uma do Carnaval e outra da Zona Azul (estacionamento rotativo). O prefeito é suspeito de praticar direcionamento do contrato de patrocínio do Carnaval de rua de 2017, feito por chamamento público. A suspeita é de que Covas teria orientado a empresa sobre quais itens da planilha apresentada deveriam ser alterados para vencer o edital.

"Vamos ganhar todos os processos na Justiça, como ganhamos até agora", respondeu o prefeito sem entrar em detalhes.

Sobre o vice, suspeito de liderar um esquema em creches paulistas, Covas respondeu primeiro com pergunta. "Tem processo?", questionou. "Tem condenação?"

Sobre a acusação de que seu vice praticou violência doméstica, ameaça e injúria contra a esposa, Covas disse que "a mulher dele já disse que foi tudo um desentendimento".

Os principais candidatos à Prefeitura de São Paulo participam nesta quarta-feira (11) de debate promovido pelo UOL, em parceria com a Folha de S.Paulo.

Os quatro primeiros colocados na mais recente pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira passada (5), foram convidados: Bruno Covas (PSDB), atual prefeito e que busca a reeleição, Celso Russomanno (Republicanos), Guilherme Boulos (PSOL) e Márcio França (PSB), todos empatados tecnicamente, dentro da margem de erro.