PUBLICIDADE
Topo

Margarida Salomão (PT) é a nova prefeita de Juiz de Fora (MG)

Margarida Salomão (PT) é eleita prefeita - Reprodução/Facebook
Margarida Salomão (PT) é eleita prefeita Imagem: Reprodução/Facebook

Vinícius Boreki

Colaboração para o UOL

29/11/2020 19h15

Margarida Salomão (PT) confirmou o favoritismo e foi eleita prefeita de Juiz de Fora. No primeiro turno, Margarida obteve quase 40% dos votos válidos, contra cerca de 23% de seu adversário, o empresário Wilson Rezato (PSB).

Agora a petista recebeu 144.529 votos (54,98% dos votos válidos), contra 118.349 (45,02%) do pessebista.

"Florescemos e vencemos. Obrigada, Juiz de Fora! Obrigada pelo carinho, obrigada pela confiança, obrigada pelo encontro. Nosso compromisso é fazer a melhor gestão de toda a história de Juiz de Fora! Viva!", escreveu a prefeita eleita no Twitter.

Professora emérita da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a petista Margarida Salomão, 70, atua como deputada federal desde 2013.

Esta era sua quarta tentativa de assumir a Prefeitura de Juiz de Fora. No último pleito, em 2016, perdeu no segundo turno para Bruno Siqueira (MDB). Rezato, 59, que nunca ocupou cargo público, disputava a prefeitura pela segunda vez.

Margarida trabalhou na gestão da Prefeitura de Juiz de Fora entre 1983 e 1988 como secretária de Administração e de Governo. A petista assumiu a liderança na última pesquisa Ibope, divulgada antes do primeiro turno. O resultado do último dia 15 confirmou a sua ascensão, enquanto Rezato estava em viés de declínio e quase foi ultrapassado por Ione (Republicanos).

Ione somou 21,83% dos votos —menos de 3.000 votos atrás de Rezato em um universo de 410 mil eleitores— e foi o apoio mais visado da eleição. A candidata, entretanto, alegou discordância com os dois planos de governo e optou pela neutralidade. Delegada Sheila (PSL), que obteve 10,04% dos votos válidos, também se declarou neutra.

Marcos Ribeiro (Rede), Lorene Figueiredo (PSOL) e Fernando Elioterio (PCdoB) anunciaram oficialmente apoio à Margarida, criando uma frente de esquerda no município mineiro.

O vice de Margarida será Kennedy Ribeiro (PV), que esteve na última legislatura da Câmara Municipal. A chapa composta por PT e PV elegeu 4 dos 19 vereadores de Juiz de Fora, o que vai exigir negociação com outros partidos para conquistar a maioria da Câmara.

Planos para o pós-pandemia

Em debate realizado na TV Alterosa, um dos principais momentos foi a discussão sobre a retomada econômica no pós-pandemia. Enquanto Rezato defendeu uma parceria entre o setor de saúde e econômico, Margarida apostou em um programa de vacinação, com o estabelecimento de prioridades.

"Há pelo menos três vacinas em fase de testagem. Assumindo a prefeitura, devemos ter um programa de vacinação e estabelecer prioridades. Serão vacinados primeiro os mais vulneráveis e o pessoal das escolas", disse Margarida. De acordo com ela, é preciso pensar em "soluções setoriais, com protocolo para que as atividades possam ser praticadas com nível de segurança desejável".