PUBLICIDADE
Topo

Eleito, Maguito Vilela testa negativo para covid-19, mas segue internado

O candidato a prefeito de Goiânia pelo MDB, Maguito Vilela, em foto do dia 12/11 - Divulgação
O candidato a prefeito de Goiânia pelo MDB, Maguito Vilela, em foto do dia 12/11 Imagem: Divulgação

Letícia Lázaro e Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

02/12/2020 00h16Atualizada em 02/12/2020 15h55

O prefeito eleito de Goiânia (GO), Maguito Vilela (MDB), testou negativo duas vezes para covid-19, segundo apurou a reportagem do UOL. Na tarde de hoje, o hospital Albert Einsten em boletim oficial confirmou a informação. O político está internado há 40 dias para tratamento de coronavírus.

O boletim médico divulgado hoje pelo Hospital Albert Einsten, em São Paulo, informou que os últimos dois testes de covid-19 feitos por Maguito não detectaram a presença do vírus no organismo.

O prefeito eleito de Goiânia está respirando com auxílio de respiradores e com bons níveis de oxigenação. Os médicos também informaram que o prefeito eleito segue em tratamento de hemodiálise. Familiares acompanham de perto o estado de saúde do político.

Maguito está internado em São Paulo desde o dia 27 de outubro. O Mdebista está entubado na UTI e tratando uma inflamação pulmonar em decorrência da covid-19. Mesmo internado, ele foi eleito com 277.497 dos votos (52,60% dos votos válidos), contra 250.036 de seu rival, Vanderlan Cardoso (47,40%).

Durante a campanha, Vanderlan questionou a forma de divulgação do estado de saúde do adversário. Para o então candidato do PSD, a campanha de Maguito estaria enganando o eleitor ao dizer que ele está bem quando, na verdade, não está.

"Está muito estranha a forma com que estão falando dessa doença dele, tentando passar que ele está melhorando. A gente sabe que a situação é muito complicada", disse Vanderlan em entrevista à Rádio Sagres. "Vem essa lorota toda, essa conversa estranha. 'Ele está bem', 'ele está bem', mas vai ter que ser intubado de novo. Nós estamos vivendo um estelionato eleitoral em Goiás."

O filho, Daniel Vilela, rebateu as insinuações e prometeu processá-lo.

Político há 45 anos

Maguito tem uma longa trajetória na política goiana. Em 45 anos de vida pública, mudou de partido apenas na transição para a democracia, quando trocou a Arena pelo MDB. Já foi vereador, deputado estadual e federal e vice-governador. Ele também ocupou a cadeira de governador de Goiás entre 1995 e 1998 e logo depois foi eleito para o senado federal, de 1999 a 2007.

Em seu programa, durante a campanha, Maguito prometeu priorizar as áreas de saúde, educação, segurança e infraestrutura, com foco nas regiões mais pobres da cidade. Ele promete construir novas unidades de saúde e ampliar o programa Saúde da Família. Também diz que irá oferecer mais vagas em creches.

O prefeito eleito propôs ainda ampliar vias destinadas para a circulação exclusiva de ônibus. E na área de segurança, ele promete investir na Guarda Municipal e fortalecer os Conselhos de Segurança Pública.