Topo

Dom Orani diz que ser cardeal é, ao mesmo tempo, graça e responsabilidade

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

12/01/2014 10h57Atualizada em 12/01/2014 13h35

Nomeado cardeal pelo papa Francisco neste domingo (12), Dom Orani Tempesta nasceu em São José do Rio Pardo (SP) e tornou-se padre em 1969, ao entrar para a Ordem dos Cistercienses. 

Ele tornou-se arcebispo do Rio de Janeiro em abril de 2009, e foi o anfitrião do papa durante sua visita oficial à cidade, na Jornada Mundial da Juventude, em julho de 2013. O religioso já tinha sido arcebispo de Belém e bispo de São José do Rio Preto (SP). 

Em sua página na internet, a arquidiocese do Rio de Janeiro informou que Dom Orani estava nos estúdios da TV Brasil, celebrando ao vivo a missa dominical das 8h, quando soube da nomeação. Ele afirmou que a nomeação é uma graça e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade.

"Em minha indignidade tenho certeza que a graça de Deus não me faltará para poder bem servir a Igreja nessa dimensão universal que é a dimensão do cardinalato. Peço a todos que continuem rezando por mim para que possa continuar servindo à Deus, à Igreja, como tenho servido até hoje, mas agora com essa responsabilidade maior, que se une às que já desenvolvo".

O anúncio foi feito pelo papa Francisco durante a oração do Ângelus, celebrada na basílica de São Pedro, no Vaticano. Além de Dom Orani, foram nomeados neste domingo outros 18 cardeais. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Internacional