PUBLICIDADE
Topo

Massacre em Oregon é o 294º nos EUA neste ano, segundo "Washington Post"

Polícia revista estudantes que estavam na Universidade Comunitária Umpqa, em Oregon - Mike Sullivan/ Roseburg News/ AP
Polícia revista estudantes que estavam na Universidade Comunitária Umpqa, em Oregon Imagem: Mike Sullivan/ Roseburg News/ AP

Do UOL, em São Paulo

01/10/2015 19h25

Um homem de 20 anos abriu fogo nesta quinta-feira (1º) no campus de uma universidade em Roseburg, no Estado americano de Oregon. A Procuradoria-Geral do Estado afirma que ao menos 10 pessoas morreram. O incidente na Universidade Comunitária Umpqa foi o 294º massacre registrado nos Estados Unidos nos 274 dias de 2015, segundo levantamento feito pelo jornal "Washington Post".

A marca é feita com base na definição do FBI (a polícia federal americana) para um massacre: três ou mais mortos por arma de fogo. Mas esse conceito é duramente criticado, já que não leva em conta incidentes violentos como o caso do atirador da Louisiana, que abriu fogo em julho deste ano em um cinema em Lafayette com mais de 100 pessoas, e apenas duas pessoas morreram.

Em 274 dias deste ano, não houve mais de oito dias sem algum massacre. Em seis dias de setembro, foram registrados três massacres ou mais. Dependendo do balanço de mortos na universidade do Oregon, o número de vítimas em 2015 pode chegar a 380, além dos mais de mil feridos.

Ainda de acordo com o "Washington Post", dos 12 massacres mais mortíferos nos EUA, metade deles aconteceu depois de 2007. Entre eles aparecem os massacres de Virginia Tech (2007), Fort Hood (2009), Sandy Hook (2012) e Aurora (2012). O ataque com mais mortos até hoje na história dos EUA foi na Universidade Virginia Tech, onde 33 pessoas morreram, incluindo o atirador, que se suicidou. Na segunda posição aparece o atentado contra a escola primária Sandy Hook, em Newtown (Connecticut), onde um jovem matou sua mãe, 20 crianças e seis funcionários da instituição antes de se suicidar.

45 tiroteios em instituições de ensino

Segundo a ONG Everytown for Gun Safety, que luta contra a o aumento da violência com armas de fogo nos EUA, o ataque na universidade do Oregon foi o 45º massacre registrado em instituições de ensino apenas em 2015.

Desde o atentado em Sandy Hook, em dezembro de 2012, foram registrados pelo menos 142 tiroteiros em escolas americanas –uma média de um por semana.

A ONG considera como definição de massacre a morte de pelo menos quatro pessoas.

Internacional