Ação antiterrorista na Bélgica entra no 2º dia com caçada a 2 foragidos

Do UOL, em São Paulo

  • François Lenoir/Reuters

    Janelas quebradas nos fundos do apartamento no bairro de Forest, em Bruxelas, onde um suspeito foi morto pela polícia durante uma ação antiterrorismo

    Janelas quebradas nos fundos do apartamento no bairro de Forest, em Bruxelas, onde um suspeito foi morto pela polícia durante uma ação antiterrorismo

A ação antiterrorismo que deixou quatro policiais feridos e um suspeito morto na terça-feira na Bélgica prossegue nesta quarta-feira (16) com a caçada de mais dois suspeitos que estão foragidos.

As autoridades encontraram uma bandeira do Estado Islâmico (EI) no apartamento onde agentes mataram um homem durante a operação em Bruxelas, informou a procuradoria federal belga.

Junto ao corpo foi descoberto um livro sobre salafismo e um fuzil, com 11 carregadores cheios. Não foram encontrados explosivos no apartamento.

O suspeito que morreu durante a operação antiterrorista  era um argelino que se encontrava de maneira irregular na Bélgica e que tinha cometido um pequeno delito em 2014.

A procuradoria belga o identificou como Belkaid Mohammed, nascido em 9 de julho de 1980, e afirmou que foi abatido enquanto disparava com um fuzil por uma janela contra as forças de segurança que participavam da operação. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos