Mulher espanca homem que a assediou dentro de metrô no México

Do UOL, em São Paulo

Uma mulher espancou um homem que a assediou na estação de metrô Pino Suárez, no centro da Cidade do México, capital mexicana. Após a briga, ela publicou um vídeo nas redes sociais no qual o rapaz aparece ensanguentado em uma escada. "Você não tem o direito de tocar em mim e em nenhuma outra", afirmou ela ao assediador.

O relato de Konni Lusz, a vítima do assédio, foi publicado em diversos jornais, antes que ela apagasse sua publicação. Segundo o site ABC, ela estava com uma amiga na estação por volta da meia-noite. Konni entrava no vagão do metrô, quando Alberto Gómez, 21, que saía, teria tentado tocar nas partes íntimas dela. 

A assediada teria, então, corrido atrás de Gómez, pedindo para que outras pessoas o detivessem. Ele chegou a ser pego por uma policial, mas acabou fugindo. Quando ele estava nas escadas, dois homens teriam conseguido pegá-lo. Foi, então, que Konni começou a bater nele.

"Ele teve o que mereceu. Não vou me desculpar por me defender, por estar furiosa, com raiva e indignada que isso tenha acontecido. Não vou ficar quieta", desabafou Konni em sua rede social. No vídeo, Gómez é acompanhado por dois policiais após a surra. As autoridades mexicanas ainda não informaram se ele foi detido, segundo o site ABC.

As imagens divulgadas geraram reações nas redes sociais. Algumas pessoas apoiaram a assediada pela agressão. Outras acreditam que uma violência não pode ser combatida com mais violência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos