Ministras britânicas duelarão pelo posto de 1ª premiê mulher desde Margaret Thatcher

Do UOL, em São Paulo

  • AFP

    Theresa May (esquerda), ministra do Interior, e Andrea Leadsom, da Energia

    Theresa May (esquerda), ministra do Interior, e Andrea Leadsom, da Energia

As ministras britânicas do Interior, Theresa May, e da Energia, Andrea Leadsom, disputarão a liderança do Partido Conservador, como foi decidido nesta quinta-feira (7), em nova rodada de votações internas. A vencedora irá substituir David Cameron, tornando-se a segunda premiê mulher da história do país, após Margaret Thatcher.  

May recebeu 199 votos e Leadsom, 84, entre os representantes da legenda conservadora, tirando o ministro da Justiça, Michael Gove (46 votos), da corrida eleitoral. No próximo dia 9 de setembro, os 150 mil filiados da legenda escolherão qual delas é a mais indicada para liderá-los.

Apesar de May ter conseguido mais votos, seus planos podem ser ameaçados por Leadsom, que recebeu o apoio do polêmico ex-prefeito de Londres Boris Johnson e do ex-líder conservador Michael Howard. As duas também assumiram lados opostos no 'Brexit': May respaldou a campanha do "fica", enquanto Leadsom defendeu o "sai".

O vencedor formará uma equipe para conduzir o relacionamento futuro do Reino Unido com a União Europeia depois que o referendo do mês passado desencadeou pedidos em Bruxelas para que o país comece a negociar seu desligamento do bloco.

Theresa May disse que o país deveria esperar antes de iniciar o procedimento formal de saída do bloco, o Artigo 50. Já Leadsom procurou apaziguar as preocupações dos imigrantes da UE que temem ter que deixar o Reino Unido dizendo que aqueles que estão legalizados são bem-vindos para ficar. Ela também disse acreditar que a economia irá crescer após a desfiliação.

A única certeza é que o país voltará a ser governado por uma primeira-ministra após a conservadora Margaret Thatcher, que liderou os britânicos entre 1979 e 1990.  (Com agências internacionais)

David Cameron anuncia renúncia após resultado de referendo

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos