PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Arma de destruição em massa foi usada para matar Kim Jong-nam, diz polícia

Jornal da Malásia publica foto do corpo de Kim Jong-nam após envenenamento - Athit Perawongmetha/Reuters
Jornal da Malásia publica foto do corpo de Kim Jong-nam após envenenamento Imagem: Athit Perawongmetha/Reuters

Do UOL, em São Paulo

23/02/2017 22h03

O químico usado para matar Kim Jong-nam, meio-irmão do líder norte-coreano Kim Jong-un, foi identificado como o Agente Nervoso VX, afirmou nesta quinta-feira (23) a polícia da Malásia. 

VX é um gás altamente tóxico que ataca o sistema nervoso central e é classificado como uma arma de destruição em massa pela ONU. Segundo o Centro de Controle de Doenças norte-americano, trata-se do mais potente gás nervoso já descoberto. 

A polícia da Malásia afirmou que traços do VX foram identificados em um relatório preliminar de análise forense laboratorial conduzido com base em amostradas coletadas no rosto e nos olhos da vítima.

Kim Jong-nam, irmão mais velho de Kim Jong-un, foi morto em uma ação cercada de mistério no aeroporto de Kuala Lumpur.

O VX é extremamente tóxico, sendo absorvido pelos olhos e pela pele da vítima. É inodoro e apresenta coloração âmbar.

A contaminação pelo VX leva ao colapso muscular, e a causa de morte mais comum é a falência respiratória. Outros sintomas são náusea, vômitos, instabilidade na pressão sanguínea, sonolência e tremores.

Segundo relatos das testemunhas, duas mulheres aspergiram um líquido -- que pode ter sido o VX em forma líquida -- nos olhos de Kim Jong-nam. 

Malásia e Coreia do Norte têm trocado acusações sobre a autoria do crime. 

Até o momento estão presas duas mulheres, uma vietnamita e uma indonésia, o namorado de uma delas e um cidadão norte-coreano. Outros norte-coreanos são procurados pela polícia. (Com agências internacionais)

Internacional