Casal é condenado por maltratar 170 yorkshires e fica proibido de ter contato com animais

Colaboração para o UOL

  • San Diego Humane Society via AP

Um casal foi condenado nesta segunda-feira (12) por maus-tratos a animais em Poway, próximo a San Diego (EUA). Ambos se declararam culpados por negligência ao manterem 170 cães da raça Yorkshire Terrier em péssimas condições.

O caso aconteceu em janeiro deste ano. Policiais encontraram dezenas de cachorros em uma sala escura, com as paredes e chão cobertos de urina. Os animais apresentaram perda de pelo e infecções. As informações são do jornal "San Diego Union-Tribune".

Pouco tempo depois, os investigadores chegaram aos donos identificados como: Mark Vattimo, 72, e Christine Calvert, 62. Ambos estavam com mais de 31 cães na ocasião.

Poucas semanas depois, Christine foi presa no Estado de Nevada em um motorhome com mais 46 cachorros.

De acordo com a polícia, 170 animais foram resgatados - 185 se contabilizados os filhotes que nasceram desde o resgate. O casal se declarou culpado e vai enfrentar três anos de pena em liberdade condicional, além da proibição de ter qualquer animal por pelo menos uma década.

A advogada distrital Karra Reedy preferiu focar apenas na saúde dos cachorros.

"O mais importante é que eles vão receber a ajuda necessária para que nada disso ocorra novamente",  afirmou.

San Diego Humane Society via AP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos