Bomba em forma de míssil assusta NY. Mas era só uma "cápsula do tempo" dos anos 80

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Twitter

Construtores civis de Nova York nos EUA levaram um susto na última quarta-feira ao desenterrarem uma suposta bomba em Manhattan. No fim das contas, o artefato era uma "cápsula do tempo" e pertencia a uma antiga boate da cidade.

O Esquadrão Anti-Bombas de Nova York foi acionado e chegou a evacuar e bloquear a rua. Então veio a surpresa: o objeto que aparentava ser da época da Segunda Guerra Mundial, estava recheado com fotos e papéis da boate Danceteria, famosa nos anos 80 e onde a cantora Madonna começou a carreira, trabalhando na chapelaria.

Em entrevista à "New York Magazine", o dono da casa John Argento revelou que o artefato era mesmo uma bomba da Segunda Guerra que ele havia comprado em uma loja do Exército e servia de decoração, pendurada no teto da boate. A ideia de transformar o objeto em uma cápsula do tempo veio de seu sócio Rudolf. "Foi um pretexto para termos duas festas. Nós faríamos uma festa para encher a cápsula e outra festa para enterrá-la", conta.

A cápsula foi enterrada em 1985 em um lote de cascalho que servia como estacionamento e acabou sendo esquecida. Cerca de 10 anos atrás, Argento lembrou e tentou procurar pela "bomba", mas um bloco de concreto havia sido colocado no suposto local para acomodar uma instalação de ar condicionado.

Argento deu o assunto por encerrado até receber a ligação do esquadrão anti-bombas na última quarta-feira. Infelizmente para o antigo dono da casa noturna, sua cápsula do tempo sofreu infiltração e a água estragou todas as fotos e documentos lá dentro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos