Homem que agredia a namorada é detido após "robô" da Amazon ligar para a polícia

Colaboração para o UOL

  • AP Photo/Mark Lennihan

    O Echo, da Amazon, conta com a robô Alexa

    O Echo, da Amazon, conta com a robô Alexa

Um homem acusado de agredir a namorada e ameaçá-la de morte foi preso depois que o escritório do xerife do condado de Bernalillo, Novo México (EUA), identificou que um dispositivo ativado por voz acionou a polícia local em meio aos atos violentos. As informações são da rede local CNN.

As autoridades inicialmente falaram que o dispositivo responsável pela ligação foi o Echo, dotado do assistente digital Alexa, desenvolvido pela Amazon, mas depois esclareceram que não poderiam determinar qual era o modelo exato. Eduardo Barros tentou fugir, mas foi preso em 2 de julho por uma equipe da SWAT numa casa em Tijeras, de acordo com Felicia Romero, porta-voz do xerife local.

Segundo reportaram as autoridades de segurança, o casal estava na casa dos pais da vítima na ocasião da briga. O suposto ataque começou quando a namorada de Barros recebeu uma mensagem de texto e foi acusada por ele de traição. "Vou te matar se você chamar a polícia", teria dito, ainda de acordo com a denúncia.

Divulgação
Eduardo Barros foi preso por agredir a mulher

Investigações apontaram que o dispositivo ativado por voz, que fica na sala da casa, foi acionado na ameaça seguinte de Barros: "Você ligou para o xerife?" Suspeita-se de que o dispositivo entendeu que era para "ligar para o xerife" e discou 911, o telefone da polícia local, que retornou em seguida para o telefone da vítima. Não está claro, segundo a CNN, como as operadoras do 911 foram capazes de ligar de volta para a mulher em seu celular.

"Barros viu o identificador de chamada e jogou (a vítima) no chão. Barros então a chutou no chão pelo menos 10 vezes na cara e no estômago", afirmou a denúncia.

Felicia Romero primeiramente afirmou à CNN que o dispositivo que ligou para as autoridades era um Echo. A rede americana procurou a Amazon, a fabricante do dispositivo que usa comandos de voz para fazer de tudo (desde tocar música até pedir pizza), mas um porta-voz disse que ele não está equipado para ligar para o comando 911.

"A chamada e a mensagem do aplicativo Alexa funcionam através de Wi-Fi entre dispositivos Echo ou o aplicativo Alexa. Ele não suporta chamadas PSTN (rede telefônica pública)", disse Rachel Hass à CNN.

"Isso significa que, por exemplo, um cliente não pode completar uma chamada para qualquer (número) nos EUA. O fim de recepção também precisaria ter um dispositivo Echo ou o aplicativo Alexa conectado a Wi-Fi ou dados móveis, e eles precisariam ter a chamada/mensagens da Alexa configuradas".

Romero disse mais tarde à CNN que o escritório do xerife não pode dizer com certeza o dispositivo que ligou para a polícia. Ela disse que tudo o que eles sabem é que o chamador 911 pode ser ouvido dizendo: "Alexa, ligue para o 911." Um dos comandos de voz para o Amazon Echo é a palavra "Alexa".

O xerife Manuel Gonzales III, em um comunicado fornecido à CNN, elogiou a tecnologia. "O uso inesperado desta nova tecnologia para entrar em contato com serviços de emergência possivelmente ajudou a salvar uma vida. Esta incrível tecnologia definitivamente ajudou a salvar uma mãe e seu filho de uma situação muito violenta", disse ele.

Camille Baca, porta-voz do Tribunal Metropolitano do Condado de Bernalillo, disse que Barros está respondendo por 14 acusações, incluindo resistência à prisão, agressão contra um membro da família e posse de arma de fogo. Ele segue detido e sua defesa está a cargo de um defensor público que não foi localizado pela CNN.

Esta não é a primeira vez que um assistente digital ativado por voz está envolvido em um caso criminal nos EUA. No início deste ano, um suspeito de homicídio no Arkansas entregou gravações de seu Echo depois que os promotores disseram que o dispositivo continha evidências relacionadas à acusação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos