Prefeitura de Boa Vista cerca venezuelanos em praça com tapumes e controla entrada e saída

Talita Marchao

Do UOL, em São Paulo

A Prefeitura de Boa Vista instalou tapumes ao redor da Praça Simón Bolívar, isolando os cerca de 600 venezuelanos que vivem acampados ali. O acesso passou a ser controlado durante 24 horas por policiais da Guarda Civil Metropolitana, e somente moradores cadastrados podem entrar e sair da praça.

A administração municipal afirma que a estrutura foi instalada para "manutenção da praça", que deve passar por reforma. Mas fontes afirmaram ao UOL que o objetivo é impedir que mais venezuelanos acampem no local --os que já estão na praça devem ser levados para os abrigos da cidade. Nesta semana, mais dois serão inaugurados, totalizando seis abrigos na capital de Roraima.

Segundo a irmã Telma Lage, coordenadora do Centro de Migrações e Direitos Humanos da Diocese de Roraima, os venezuelanos foram acordados na manhã de sábado (2) com as obras. Os tapumes foram instalados ao redor da praça sem qualquer aviso prévio. 

Veja também:

"Nossa preocupação agora não é só com os que já estão na praça cercados, mas também com quem chega. Agora tem polícia vigiando a entrada e saída da praça, só os que estão cadastrados entram, quem já estava ali. Só que a gente sabe que diariamente chegam muitas pessoas em Boa Vista, e elas não podem mais ficar na praça", afirma a irmã Telma.

A praça chegou a ser lar de mais de mil venezuelanos, e foi palco de um protesto de brasileiros contra a presença dos refugiados do país vizinho na cidade. Ela fica próxima da rodoviária internacional, onde chegam os ônibus que vêm de Pacaraima, cidade na fronteira com a Venezuela, e da própria Venezuela.

A praça também está perto da unidade da Polícia Federal onde os venezuelanos dão entrada no pedido de refúgio para permanecer no Brasil.

O fechamento da praça e a retirada gradual de pessoas do local coincide ainda com o início da temporada de fortes chuvas na região, em abril. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos