PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Brasileiros ficaram semanas presos em fronteira dos EUA, diz jornal

Controle na fronteira dos Estados Unidos com o México em El Paso, no Novo México - Herika Martinez/AFP Photo
Controle na fronteira dos Estados Unidos com o México em El Paso, no Novo México Imagem: Herika Martinez/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

06/11/2019 11h07

Um grupo formado por cerca de 50 brasileiros ficou entre 15 e 25 dias preso em El Paso, fronteira dos EUA com o México, pela alfândega norte-americana.

As informações foram divulgadas hoje no The Washington Post, famoso jornal dos EUA. Segundo a publicação os brasileiros foram mantidos em instalações feitas com uma espécie de tenda.

A publicação diz que o tempo em que o grupo ficou preso é "muito maior do que o período típico de detenção de três dias para permitir que as autoridades americanas deportem" migrantes. Esta medida é feita justamente para, entre outras coisas, evitar a superlotação.

As autoridades norte-americanas, segundo o Washington Post, admitiram que "as famílias estavam entre um grupo de quase 70 brasileiros expulsos no mês passado", mas não informaram o motivo da demora para agir em relação ao grupo de cerca de 50 pessoas.

O jornal também afirma que o Ministério das Relações Exteriores do Brasil informou que os migrantes que passaram semanas presos foram deportados para Belo Horizonte no dia 25 de outubro.

Uma lista elaborada por advogados mostrou, de acordo com o jornal, que quase 30 dos brasileiros detidos eram menores de idade - incluindo vários bebês.

Internacional