PUBLICIDADE
Topo

Lula lamenta "golpe de estado" contra Evo Morales e critica elite econômica

Ex-presidente Lula se dirige a apoiadores em São Bernardo do Campo (SP) um dia após deixar a prisão em Curitiba - Thiago Bernardes/FramePhoto/Estadão Conteúdo
Ex-presidente Lula se dirige a apoiadores em São Bernardo do Campo (SP) um dia após deixar a prisão em Curitiba Imagem: Thiago Bernardes/FramePhoto/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/11/2019 19h10

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou sua conta no Twitter para se manifestar sobre a renúncia do boliviano Evo Morales, anunciada hoje. O petista chamou o ocorrido de "golpe de estado" e citou que o presidente da Bolívia "foi obrigado a renunciar", além de criticar a elite econômica da América Latina. O caso também teve comentário do atual presidente, Jair Bolsonaro, que defendeu o voto impresso.

"Acabo de saber que houve um golpe de estado na Bolívia e que o companheiro Evo Morales foi obrigado a renunciar. É lamentável que a América Latina tenha uma elite econômica que não saiba conviver com a democracia e com a inclusão social dos mais pobres", disse Lula na rede social.

Internacional