PUBLICIDADE
Topo

Primeiro-ministro da Austrália exalta incêndio sem vítimas onde 2 morreram

Scott Morrison visitou a ilha Kangaroo e cometeu gafe em discurso, sendo corrigido por público presente - Kelly Barnes/AAP Image via Reuters
Scott Morrison visitou a ilha Kangaroo e cometeu gafe em discurso, sendo corrigido por público presente Imagem: Kelly Barnes/AAP Image via Reuters

Do UOL, em São Paulo

08/01/2020 17h43

O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, visitou ontem a ilha Kangaroo, no sul do país, para avaliar os danos causados por incêndios que atingem o território australiano desde o fim de 2019. Durante a visita, porém, o político cometeu uma gafe.

Em discurso no local, Morrisson celebrou que "felizmente, não tivemos perda de nenhuma vida" na ilha. No entanto, o primeiro-ministro foi imediatamente corrigido por um interlocutor presente.

"Dois. Nós perdemos dois", disse uma pessoa.

"Dois. Isso, dois, correto. Eu estava pensando primeiro em bombeiros", completou Morrison.

Segundo o site News.com.au, o piloto Dick Lang e seu filho Clayton, um cirurgião plástico, morreram quando tentavam retornar à propriedade da família. A informação foi divulgada por familiares.

No Twitter, Scott Morrisson aproveitou a visita e republicou informações divulgadas por outros políticos a respeito dos incêndios. "Estamos com a comunidade da ilha Kangaroo neste momento de necessidade. Juntos com o governo federal, estamos oferecendo auxílios de até 15 mil dólares para comerciantes e fazendeiros afetados. Estive com o primeiro-ministro no local para encontrar populares e para agradecer ao pessoal que está auxiliando na recuperação", publicou Steven Marshall, premiê do Sul da Austrália.

Até aqui, segundo informações divulgadas pela Nasa, 150 mil hectares da ilha foram atingidos pelas chamas.

Internacional