PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus deixa 56 mortos e 2.051 infectados na China

24.jan.2020 - Médica usando roupas de proteção no hospital da Cruz Vermelha em Wuhan, na China - AFP
24.jan.2020 - Médica usando roupas de proteção no hospital da Cruz Vermelha em Wuhan, na China Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo*

26/01/2020 00h05Atualizada em 26/01/2020 12h50

A China informou que o número de mortos pelo coronavírus subiu para 56 no país neste domingo (26). Já o número de casos de pacientes infectados atingiu 2.051, de acordo com a televisão estatal chinesa. A Prefeitura de Xangai, capital financeira da China, também registrou sua primeira vítima fatal, um homem de 88 anos que já tinha problemas de saúde anteriores ao contágio.

A doença levou o presidente chinês, Xi Jinping, a declarar que o país vive uma "situação grave" e causou o cancelamento das festas do Ano Novo Lunar em diversas cidades.

"Se mantivermos nossa confiança, trabalhando em cooperação com os estudos científicos de prevenção e seus respectivos tratamentos, aliados às políticas combativas, seremos, com certeza, capazes de vencer essa batalha", disse o presidente chinês.

Os Estados Unidos estão organizando um voo charter neste domingo (26) para trazer seus cidadãos e diplomatas de volta de Wuhan, cidade central da China que é o epicentro do surto, informou o Wall Street Journal.

O Canadá divulgou ontem o primeiro registro de coronavírus no país. Além da China e do Canadá, outros 11 países confirmaram casos de contágio: China, Malásia, Austrália, Tailândia, Vietnã, Singapura, Japão, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Nepal, França e Estados Unidos.

* com agências internacionais

Internacional