PUBLICIDADE
Topo

Nova Zelândia anuncia data de referendo que votará legalização da eutanásia

A proposta recebeu o apoio da primeira-ministra, Jacinda Ardern - Frank Franklin II/AP
A proposta recebeu o apoio da primeira-ministra, Jacinda Ardern Imagem: Frank Franklin II/AP

Do UOL, em São Paulo

28/01/2020 11h52

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou hoje a data do referendo para que os cidadãos do seu país possam votar sobre a legalização da eutanásia.

Em 19 de setembro, os neozelandeses vão às urnas para votar se desejam que seus doentes tenham a opção de uma morte assistida.

A proposta, que já foi aprovada no Congresso, pode legalizar a prática para qualquer pessoa adulta que tenha menos de seis meses de vida ou alguém que possua uma doença incurável.

Se aprovado, as pessoas que se enquadram nesses quesitos poderão solicitar aos médicos uma dose letal de medicamento.

Internacional