PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Menino de 5 anos foge com carro dos pais para comprar Lamborghini com US$ 3

Adrian, de 5 anos, foge com carro da família para comprar Lamborghini em Utah, nos EUA - Reprodução/Twitter/Polícia Rodoviária de Utah
Adrian, de 5 anos, foge com carro da família para comprar Lamborghini em Utah, nos EUA Imagem: Reprodução/Twitter/Polícia Rodoviária de Utah

Do UOL, em São Paulo

05/05/2020 11h46

Um menino de cinco anos chamado Adrian roubou o carro da família ontem e saiu para comprar uma Lamborghini levando apenas US$ 3 na carteira em Utah, nos Estados Unidos.

Os policiais contaram que o motorista não respondia às ordens de parada até que o veículo bateu. Quando os agentes se aproximaram, a surpresa: uma criança estava ao volante.

"Eu me aproximei do veículo e esperava encontrar alguém que precisasse de uma ambulância ou de paramédicos", disse o policial Rick Morgan à emissora CBS.

O garoto era tão pequeno que, segundo os policiais, precisou ficar na ponta do banco para alcançar o acelerador.

Quando os policiais começaram a perguntar sobre a origem do veículo e os objetivos do garoto, uma nova surpresa. Adrian disse que estava indo para a Califórnia visitar a sua irmã e que queria comprar uma Lamborghini com os US$ 3 que levava na carteira.

A família contou à emissora que os pais não estavam em casa e a irmã que cuidava dele dormiu. O garoto aproveitou a situação para pegar a chave do veículo e ir rumo à Califórnia.

Veja abaixo o relato no Twitter da polícia de Utah sobre o fato:

"Um de nossos soldados iniciou uma parada de trânsito que considerava ser de um motorista com problemas. Acontece que foi esse jovem de 5 anos que, de alguma forma, subiu a estrada no carro de seus pais", diz a publicação.

"A versão dele é que saiu de casa depois de uma discussão com a mãe, na qual ela lhe disse que não compraria uma Lamborghini para ele. Ele decidiu que pegaria o carro e iria para a Califórnia para comprar um. Ele pode ter pensado pouco no valor da compra, pois tinha apenas US $ 3 em sua carteira."

Internacional