PUBLICIDADE
Topo

Terremoto durante entrevista na TV não abala premiê da Nova Zelândia; veja

A premiê da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, tranquilizou espectadores quando terremoto atingiu prédio do parlamento durante entrevista ao vivo - Reprodução/Twitter
A premiê da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, tranquilizou espectadores quando terremoto atingiu prédio do parlamento durante entrevista ao vivo Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

25/05/2020 08h16

A premiê da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, manteve a calma quando um terremoto atingiu a região do prédio do Parlamento durante uma entrevista ao vivo com o programa "Newshub", da TV local. O vídeo do momento viralizou no Twitter, com Ardern sorrindo e tranquilizando o âncora Ryan Bridge, que a entrevistava.

"Só estamos tendo um pequeno terremoto aqui, Ryan. Uma chacoalhada bem decente. Se você ver coisas se movendo atrás de mim, o prédio do Parlamento se move um pouco mais do que a maioria dos lugares", disse ela.

Quando a perturbação termina, ela comunica o jornalista: "Sim, acabou de parar. Estamos bem, Ryan. Eu não estou embaixo de nenhum lustre, este parece um lugar estruturalmente sólido".

Terremotos

Segundo a CNN, o terremoto que atingiu a capital da Nova Zelândia, Wellington, chegou a 5,8 pontos de na escala Richter, considerado de média intensidade.

Os neozelandeses, no entanto, estão acostumados com terremotos. Localizado em uma região instável, o país sofre pelo menos 20 mil terremotos por ano, entre 50 e 80 por dia, embora a grande maioria deles seja pequeno demais para ser sentido por humanos.

A perturbação de ontem, de acordo com o GeoNet, foi a maior do ano até agora.

Popularidade em alta

A ação rápida e decisiva de Jacinda Ardern durante a crise da covid-19 na Nova Zelândia a transformou na primeira-ministra mais popular do país em mais de um século. Na semana passada, sua aprovação chegou a 56,5%.

Ao todo, a Nova Zelândia teve 1.154 casos de coronavírus, e 21 mortes.

Internacional