PUBLICIDADE
Topo

Outros três ex-policiais serão acusados pela morte de George Floyd

Pessoas participam de um protesto contra a morte de George Floyd, em frente ao Trump International Hotel em Nova York, EUA - EDUARDO MUNOZ/REUTERS
Pessoas participam de um protesto contra a morte de George Floyd, em frente ao Trump International Hotel em Nova York, EUA Imagem: EDUARDO MUNOZ/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

03/06/2020 15h43

Os três ex-policiais que acompanharam Derek Chauvin na abordagem que resultou na morte de George Floyd serão acusados de homicídio afirmou hoje o procurador-geral de Minnesota, Keith Ellison.

Tou Thao, Thomas Lane e J. Alexander Kueng serão acusados de favorecer o assassinato do ex-segurança. O caso aconteceu no último dia 25 de maio e gerou uma onda de protestos raciais nos Estados Unidos.

Além disso, a acusação também pede o agravamento na acusação de Derek Chauvin, que já está preso preventivamente. Atualmente, Chauvin está sendo acusado de assassinato em terceiro grau, que no Brasil, seria o equivalente a um homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Keith Ellison, responsável pela acusação no caso vai pedir que Chauvin seja acusado de assassinato em segundo grau.

Elisson, um ex-congressista progressista e advogado de direitos civis, foi convidado pelo governador do Minnesota, Tim Walz, para liderar a acusação a pedido da família de Floyd.

Internacional