PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Professora que teria tossido propositalmente em bebê é demitida nos EUA

Câmeras de segurança registraram momento em que professora tosse em bebê em uma loja de iogurtes em San Jose, na Califórnia - Reprodução/San Jose Police Department
Câmeras de segurança registraram momento em que professora tosse em bebê em uma loja de iogurtes em San Jose, na Califórnia Imagem: Reprodução/San Jose Police Department

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 09h50

Uma professora que teria tossido propositalmente em um bebê de um ano em uma loja de iogurtes em San Jose, na Califórnia, foi demitida do emprego, de acordo com informações da rede norte-americana ABC.

O caso aconteceu em 19 de junho, em meio à pandemia do novo coronavírus, e foi registrado pelas câmeras de segurança da loja.

"Nós não toleramos condutas de nossos empregados que comprometam a segurança de qualquer criança. Receberemos nossos estudantes de volta às aulas neste verão e outono [no hemisfério norte] nesses tempos sem precedentes e o nosso comprometimento em criar e manter um ambiente seguro para nossos alunos é inflexível", afirmou em nota a Diretoria de Ensino de San Jose.

As imagens registradas mostram a professora entrando na loja. Ela se dirige à fila para fazer o pedido no balcão e, em seguida tira a máscara do rosto e tosse sobre a criança que estava em um carrinho de bebê. A mãe da criança ainda fecha a capa de proteção do carrinho para tentar evitar que as gotículas atingissem o bebê.

A polícia conseguiu identificar a professora depois que as imagens começaram a circular nas redes sociais. A polícia a levou para uma delegacia onde ela foi reconhecida pela mãe do bebê. Ela responde à acusação em liberdade.

Coronavírus