PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Corpo de menina de 3 anos é encontrado em Beirute após explosão

Alexandra Najjar, de 3 anos de idade, está entre as pessoas que morreram em Beirute por causa de um forte explosão - Reprodução/Twitter
Alexandra Najjar, de 3 anos de idade, está entre as pessoas que morreram em Beirute por causa de um forte explosão Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

07/08/2020 14h12

O corpo de uma menina de 3 anos de idade foi encontrado em Beirute, cidade que foi gravemente atingida por uma explosão na área portuária na terça-feira (4). De acordo com o site Mail Online, Alexandra Najjar teve o nome confirmado entre os 154 mortos já registrados na capital do Líbano.

O UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) estima que 80 mil crianças estejam desabrigadas por causa dos estragos de grande proporção provocados pelo incidente.

A representante da entidade no país, Violet Speek-Warnery, afirmou que o foco no atendimento às famílias "está na saúde, água e bem-estar das crianças".

Após a explosão, houve numerosos relatos sobre crianças desaparecidas ou separadas de suas famílias.

Pelo menos 12 centros de saúde primária, maternidade, imunização e centros para recém-nascidos em Beirute foram danificados, afetando os serviços para quase 120 mil pessoas.

Um hospital infantil na área de Karantina, que possuía uma unidade especializada em tratamento de recém-nascidos críticos, foi destruído. Um bebê morreu.

O órgão das Nações Unidas participa do atendimento às vítimas, o que inclui o suprimento de água potável para os atendentes na linha de frente e àqueles que vivem no local diretamente afetado, ao redor do porto de Beirute, além de realizar avaliações preliminares em armazéns, escolas, câmaras frigoríficas, infraestrutura de distribuição de água e instalações de saúde.

Internacional