PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Helicóptero militar é baleado nos Estados Unidos; FBI investiga tiroteio

Helicóptero UH-1N Huey, mesmo modelo que foi atingido por tiros nos Estados Unidos - Reprodução / Força Aérea dos Estados Unidos
Helicóptero UH-1N Huey, mesmo modelo que foi atingido por tiros nos Estados Unidos Imagem: Reprodução / Força Aérea dos Estados Unidos

Do UOL, em São Paulo

12/08/2020 15h53

Um helicóptero da Força Aérea dos Estados Unidos foi atingido por tiros enquanto sobrevoava o norte do estado da Virgínia na última segunda-feira (10). De acordo com a NBC News, os disparos atingiram uma pessoa a bordo, forçando um pouso de emergência. O acontecimento está sendo investigado pelo FBI.

Segundo um comunicado divulgado pela Força Aérea norte-americana, a aeronave do 1º Esquadrão de Helicópteros da Base Conjunta Andrews, no modelo UH-1N Huey, estava em uma "missão de treinamento de rotina".

O helicóptero sobrevoava a uma altitude de aproximadamente 305 metros e estava cerca de 17 km a noroeste do Aeroporto Regional de Manassas, perto da cidade de Middleburg, quando o tiroteio vindo do solo aconteceu.

"As descobertas iniciais são que o helicóptero foi atingido por uma bala, resultando em um ferimento leve a um membro da tripulação e danos à aeronave", diz o comunicado.

O tripulante atingido "sofreu um ferimento leve, foi tratado e posteriormente liberado do hospital", disse outro comunicado, do FBI.

Um porta-voz da agência afirmou que foram enviados agentes especiais para o Aeroporto Regional de Manassas depois do acontecimento.

"O FBI Washington Field Office (WFO) está trabalhando em conjunto com nossos parceiros de aplicação da lei, incluindo o Escritório de Investigações Especiais da Força Aérea, para determinar as circunstâncias que cercam o incidente", disse.

Internacional