PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Polícia nos EUA mata com 11 tiros homem negro que entrava em loja de posto

Homem negro é morto pela polícia nos EUA com 11 tiros ao entrar em loja de conveniência - iStock
Homem negro é morto pela polícia nos EUA com 11 tiros ao entrar em loja de conveniência Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

22/08/2020 14h27

Um homem negro morreu nos Estados Unidos ao ser baleado 11 vezes por policiais quando entrava em uma loja de conveniência, de acordo com informações do site TMZ. Segundo divulgou a polícia, o homem portava uma faca quando os tiros foram disparados, mas não houve explicação sobre por quê matá-lo.

A cena foi registrada em vídeo.

O homem estava em um posto de gasolina em Lafayette, no estado de Louisiana, quando alguém chamou a polícia para relatar um distúrbio. Ao menos seis policiais chegaram, e de acordo com a testemunha que gravou as imagens, o homem parecia estar segurando uma faca.

É possível ouvir os policiais ordenando que o homem deite no chão, mas ele continua a andar naturalmente, se afastando dos policiais, de costas para eles. A mulher que fez o vídeo diz que viu a polícia usar uma arma de choque, mas o homem se mantinha em pé.

Quando ele chega à porta da loja de conveniência do posto de gasolina e vai entrar, ainda de costas para os agentes de segurança, são ouvidos vários tiros, e o homem cai morto.

Um porta-voz da Polícia Estadual da Louisiana disse que o homem esteve envolvido em uma briga em um cruzamento de rua. Não está claro nos relatórios da polícia, mas parece que os policiais podem tê-lo seguido por quase um quilômetro antes de matá-lo no posto de gasolina.

Todos os policiais envolvidos na ação foram colocados em licença administrativa.

Internacional