PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Agente carcerária que teve filho com detento vai a julgamento na Inglaterra

A agente penitenciária Kerianne Stephens, de 26 anos, que teve filho com Louis Tate, presidiário condenado por assassinato - Reprodução/news.com.au
A agente penitenciária Kerianne Stephens, de 26 anos, que teve filho com Louis Tate, presidiário condenado por assassinato Imagem: Reprodução/news.com.au

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/10/2020 14h34

A agente penitenciária Kerianne Stephens, de 26 anos, poderá ser presa após ter vivido um relacionamento com o condenado por assassinato Louis Tate, que hoje cumpre prisão perpétua na Inglaterra. O romance resultou no nascimento de um filho e teve como cenário a prisão HMP Swaleside, localizada na ilha de Sheppey.

Stephens confessou que, durante os cinco meses em que namorava com o presidiário, de 1 de setembro de 2018 a 8 de janeiro de 2019, realizou com o ex-namorado uma troca de ligações e mensagens de texto por meio de um celular ilegal.

Todavia, a jovem originalmente negou as acusações de improbidade de cargo público e transmissão não autorizada de imagem e som. Agora, após a confissão, ela poderá ser condenada no próximo dia 12 de novembro, junto com o ex.

A advogada da jovem informou que os pais de Stephens irão cuidar do neto, caso o tribunal opte pela sentença de prisão, mas pediu que considerem o "efeito adverso" que tal resultado teria no relacionamento da mãe com a criança.

O pai do bebê, por sua vez, foi condenado à prisão perpétua em outubro de 2010, com pena mínima de 18 anos, por assassinar Garry Frater, um pai de três filhos. O homem morreu aos 32 anos de idade, depois de ser esmagado com um carro.

Após começar a cumprir sentença, o condenado como assassino do caso teria mantido um celular na cela para contatar a namorada e agente penitenciária. Anteriormente, Tate também já tinha sido condenado, em 2017, por posse de um celular dentro da prisão. Ele está atualmente atrás das grades no presídio masculino HM The Mount, em Hertfordshire.

Internacional