PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump abandona entrevista e faz ameaças a apresentadora nas redes sociais

Donald Trump ameaçou publicar a entrevista antes de o conteúdo ir ao ar - Reuters
Donald Trump ameaçou publicar a entrevista antes de o conteúdo ir ao ar Imagem: Reuters

Colaboração para o UOL

21/10/2020 08h04Atualizada em 21/10/2020 08h28

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem feito críticas contra o programa "60 minutos", da CBS, nas redes sociais. O candidato à reeleição deu uma entrevista para o programa, mas saiu na metade e disse que a conversa foi falsa e enviesada. De quebra, passou a fazer ameaças contra a entrevistadora.

Trump recebeu a apresentadora do programa, Lesley Stahl, na Casa Branca. Mas a visita durou menos do que o previsto. Segundo fontes da CNN e do jornal The New York Times, o presidente se incomodou depois de 45 minutos e disse que a apresentadora já tinha conteúdo suficiente.

Depois do ocorrido, Trump passou a fazer críticas nas redes sociais. Colocou no Twitter um vídeo em que Lesley aparece sem máscara, para ironizar as críticas que ele recebe por nem sempre se proteger contra a covid-19.

A emissora explicou que o vídeo publicado por Trump foi feito logo após a entrevista acabar. Também declarou que a apresentadora usou máscara desde quando chegou na Casa Branca até o início da gravação.

Depois da entrevista, Trump foi para um comício na Pensilvânia e disse a apoiadores que eles vão se divertir com o que foi feito contra Lesley Stahl, sem dar mais detalhes. Ele repetiu ameaças semelhantes no Twitter.

"Tenho o prazer de informar que, para fins de precisão nas reportagens, estou pensando em postar minha entrevista com Lesley Stahl antes de ir pro ar. Isso será feito para que todos possam ter um vislumbre do que é uma entrevista falsa e enviesada", publicou Trump.

O programa está previsto para ir ao ar no próximo domingo, dia 25 de outubro. Ele também trará entrevista com Joe Biden, adversário de Trump na eleição dos Estados Unidos.

Internacional