PUBLICIDADE
Topo

Eleições Americanas

Veja trechos da conversa em que Trump pressiona por recontagem de votos

"Tudo o que quero fazer é [...] encontrar 11.780 votos", disse Trump ao secretário Brad Raffensperger - Mandel Ngan/AFP
"Tudo o que quero fazer é [...] encontrar 11.780 votos", disse Trump ao secretário Brad Raffensperger Imagem: Mandel Ngan/AFP

Do UOL, em São Paulo

03/01/2021 17h37Atualizada em 03/01/2021 19h00

Uma gravação obtida pelo The Washington Post e divulgada hoje no site do jornal indica que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pressionou o secretário de Estado da Geórgia, o republicano Brad Raffensperger, a recontar os votos no estado para favorecê-lo na eleição presidencial de 2020.

O democrata Joe Biden, eleito em novembro para comandar os EUA nos próximos quatro anos, venceu na Geórgia com 49,5%, ante 49,3% de Trump — uma diferença de 11.779 votos.

Ouça trecho e veja a tradução de parte da conversa entre Trump e Raffensperger:

Parte 1

Donald Trump: Nós ganhamos essa eleição na Geórgia, baseado nisso tudo. E não há nada de errado em dizer isso, Brad. Sabe? Quero dizer, ter o [resultado] correto... A população da Geórgia está irritada. Esses números vão ser divulgados na noite de segunda-feira [04/01], junto com outros que teremos a essa altura, que são ainda mais substanciais. A população da Geórgia está irritada, a população do país está irritada. E não há nada de errado em dizer isso, sabe? Que você recalculou [os votos].

Brad Raffensperger: Bem, senhor presidente, seu desafio é o fato de que os dados que você tem estão errados.

Trump: Agora, você acha que é possível que eles tenham rasgado cédulas no Condado de Fulton? Porque esse é o boato. E também que a Dominion recolheu urnas, que a Dominion está agindo rápido para se livrar de, uh, suas urnas. Você sabe alguma coisa sobre isso? Porque é ilegal, certo?

Aqui, Trump se refere à empresa Dominion Voting Systems, especializada em tecnologia eleitoral, que vende softwares e hardwares para votação eletrônica, incluindo urnas. Durante a apuração, o presidente dizia, sem apresentar provas, que a companhia teria adulterado cédulas e urnas.

Ryan Germany, conselheiro-geral do secretário de Estado da Geórgia: Aqui é Ryan Germany. Não, a Dominion não recolheu nenhuma urna do Condado de Fulton.

Trump: Mas eles retiraram partes internas das urnas e as substituíram por outras partes?

Germany: Não.

Trump: Você tem certeza, Ryan?

Germany: Tenho certeza.

Parte 2

Donald Trump: Você deveria querer ter uma eleição precisa. E você é um republicano.

Brad Raffensperger: Nós acreditamos que realmente tivemos uma eleição precisa.

Trump: Não, não, vocês não acreditam. Não, não, vocês não acreditam. Vocês não têm. Vocês não têm nem algo próximo disso. Vocês estão errados por centenas de milhares de votos.

Parte 3

Donald Trump: Você sabe o que eles fizeram e você não está denunciando. Isso é crime, isso é um crime, e você não pode deixar que isso aconteça. É um risco grande para você, para Ryan, para o seu advogado, é um risco grande. Mas eles estão rasgando cédulas, na minha opinião, baseado no que ouvi. E eles estão recolhendo urnas, estão recolhendo urnas o mais rápido que conseguem, e ambos são crimes. Você não pode deixar que isso aconteça, mas você está deixando que aconteça. Sabe? Quero dizer, estou te avisando que você está deixando que isso aconteça. Então veja: tudo o que quero fazer é isso, eu só quero encontrar 11.780 votos, um a mais do que temos [de diferença para Biden], porque nós vencemos no estado.

Parte 4

Donald Trump: Então diga-me, Brad, o que nós vamos fazer? Nós ganhamos a eleição e não é justo tirá-la de nós assim. Vai ser muito custoso, de diversas maneiras diferentes, e eu acho que você tem que dizer que você vai reexaminar, e você pode reexaminar, mas reexamine com pessoas que queiram encontrar respostas, não pessoas que não querem encontrar respostas. Por exemplo, estou sabendo que Ryan provavelmente... Tenho certeza que ele é um bom advogado e tudo mais, mas ele está fazendo declarações sobre o que ele não sabe. Mas ele está fazendo [essas declarações] com tanta... Ele realmente faz com segurança. Mas agora acho que ele tem menos certeza, porque a resposta é: todos eles [os votos] foram para Biden. E isso, por si só, nos faz ganhar a eleição com muita vantagem.

Brad Raffensperger: Senhor presidente, você tem as pessoas que te enviam informações, nós temos as nossas pessoas que nos enviam informações. E aí elas são levadas à Corte, e a Corte deve tomar uma decisão. Nós temos que defender nossos números, nós acreditamos que nossos números estão corretos.

Parte 5

Donald Trump: Bem, pela lei, você não pode divulgar resultados falsos das eleições, ok? Você não pode fazer isso. E é isso que você fez. Esse é um resultado falso. E honestamente, isso deveria se resolver muito rápido, você tem uma eleição importante chegando, e por causa do que você fez contra o presidente... Sabe, a população da Geórgia sabe que isso foi um golpe, e por causa do que você fez contra o presidente, muitas pessoas não vão sair para votar, e muitos republicanos vão votar contra, porque eles odiaram o que você fez contra o presidente.
Ok? Eles odiaram. E eles vão votar [contra]. Você seria muito respeitado, realmente respeitado, se esse negócio pudesse ser consertado antes da eleição. Você tem uma eleição importante chegando na terça-feira [05/01].

Ouça o áudio completo (em inglês)

Eleições Americanas