PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
11 meses

'Vulcão de gelo' jorra vapor e atrai curiosos ao Cazaquistão; veja

Formação geológica tem 14 metros de altura e fica maior a cada "erupção" - Reprodução/Youtube/RT
Formação geológica tem 14 metros de altura e fica maior a cada 'erupção' Imagem: Reprodução/Youtube/RT

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/02/2021 09h48

Um "vulcão de gelo" com 14 metros de altura está atraindo turistas de diversos países para a região de Almaty, no leste do Cazaquistão. A formação geológica tem formato de cone e jorra água e vapor pelo seu topo, apresentando uma visão deslumbrante para os visitantes do local.

O clima de neve severo da região não repele os curiosos pelo fenômeno natural. Segundo os habitantes locais, esse é o primeiro cone formado da neve visto por eles com tamanho tão grande e também o primeiro a borrifar continuamente partículas de água a partir da abertura superior.

A erupção de água, que se parece com a fumaça expelida de um vulcão, rendeu à formação o apelido de "vulcão de gelo".

Apesar de o apelido da formação geológica fazer sentido visualmente, o "vulcão" não é geologicamente um vulcão de fato. Ao invés de ter sido formada por magma, a estrutura congelada foi formada sobre uma fonte subterrânea de água e, a cada vez que "entra em erupção", ela aumenta um pouco mais, pois o frio da região congela as partículas quase que instantaneamente.

Contudo, com a chegada da primavera o ponto turístico vai derreter. Durante os meses mais quentes, a região em que o "vulcão" está localizado é coberta por uma vegetação verde e temperatura amena, segundo o Daily Mail.

Ainda assim, os turistas têm tempo para visitar o local que fica a cerca de quatro horas de Nur-Sultan, capital do Cazaquistão, para seguir tirando as "ótimas fotos", como disse um deles, que o local proporciona.

Veja algumas imagens postadas por visitantes do "vulcão" no Instagram:

Internacional