PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Avô devolve à polícia depois de 60 anos algemas que havia 'roubado'

O homem havia pegado o objeto quando tinha 14 anos - Reprodução/Twitter/@LAPDHQ
O homem havia pegado o objeto quando tinha 14 anos Imagem: Reprodução/Twitter/@LAPDHQ

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/02/2021 13h18

O departamento de polícia da cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, recebeu no último mês um pedido de desculpas curioso, acompanhado de US$ 100 (cerca de R$ 540) e um par de algemas. A iniciativa foi compartilhada nas redes sociais com o comentário de que "não se trata de uma carta comum", mas de "uma lição de vida ao longo de 60 anos, de um avô a seus netos".

No relato, o homem de 74 anos — que quer permanecer anônimo — explica que, aos 14 anos, estava em uma lanchonete quando testemunhou uma briga entre um policial e um jovem. Durante a confusão, as algemas teriam voado para longe e ele as pegou, levando para casa.

Seis décadas mais tarde, os dois netos do norte-americano foram visitá-lo e ele imaginou que ficaram impressionados se vissem algemas de verdade, porque estavam brincando com umas de plástico. Porém, ao contar a história de como conseguiu o objeto, a reação dos meninos de idade seis e nove anos não foi a esperada.

"Eles ficaram horrorizados e me perguntaram por que roubei as algemas de um policial", diz a carta. "Eu, claro, não tinha uma boa explicação."

A culpa acabou fazendo com que o homem se desculpasse e devolvesse o que havia pegado, além de realizar uma doação para a fundação social do departamento. "Nunca é tarde para fazer a coisa certa", escreveram os policiais nas redes sociais sobre o caso.

Internacional