PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Dupla fica 3 h à deriva com colchão inflável e cervejas após forte ventania

Jackson e Noah no momento em que Tex chega para resgatá-los - Reprodução/7News
Jackson e Noah no momento em que Tex chega para resgatá-los Imagem: Reprodução/7News

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/03/2021 12h19

Dois jovens australianos precisaram ser resgatados de moto aquática por um amigo, no sábado (27), após ficarem três horas à deriva sobre um colchão inflável e com um cooler de cervejas. Enquanto a dupla curtia o dia de sol, eles foram afetados por uma rajada de vento, que os levou para longe da costa junto com o colchão e as bebidas. Ninguém se afogou e todos passam bem.

Jackson Perry e Noah Palmer estavam na praia de um resort popular, ao sul da cidade de Perth, e pretendiam ficar próximos da areia, enquanto bebiam e flutuavam no colchão inflável para curtir o final de semana.

Contudo, o plano da dupla de amigos foi frustrado por uma rajada de vento repentina que os varreu para longe da costa, deixando-os isolados no mar por quase três horas e apenas um pouco de bateria restante para acionar o resgate.

"Nós apenas pensamos em sair do colchão e flutuar na água por um momento, e então percebemos que o vento nos havia levado para fora. Não podíamos remar contra o vento e continuamos avançando cada vez mais longe", relatou Jackson ao site Sunrise.

Impossibilitados de voltar à terra firme, os amigos utilizaram a pouca bateria restante em seus celulares para pedir resgate para Texas Reeks, um amigo que tem uma moto aquática e estava a "30 ou 40 minutos de distância" da praia.

Durante o tempo no mar, o colchão começou a esvaziar e a cada dez minutos a dupla tinha que assoprar para inflá-lo novamente. Mas, apesar do cenário assustador, Jackson e Noah dizem terem começado a ficar preocupados apenas quando perceberam que o estoque de cerveja estava se esgotando.

"Contanto que tivéssemos cervejas suficientes para nos manter, estávamos bem, assim que as cervejas baixaram, tentamos voltar [à praia]", brincou Noah.

A dupla ficou um total de três horas isolada no mar, até que Texas e um amigo dele chegassem com duas motos aquáticas para resgatá-los. O plano de flutuar na água pode não ter saído como esperado, mas Jackson não se arrepende. "Nos divertimos muito", diz o jovem, que saiu ileso da situação e com uma boa história para contar.

Internacional