PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidente eleito do Equador quer fortalecer relação com Brasil

"Conversei com Bolsonaro para reafirmar nosso compromisso", disse Lasso - Maria Fernanda Landin/Reuters
"Conversei com Bolsonaro para reafirmar nosso compromisso", disse Lasso Imagem: Maria Fernanda Landin/Reuters

Eduardo Militão

Do UOL, em Brasília

17/04/2021 17h45

O presidente eleito do Equador, Guillermo Lasso, afirmou que vai "fortalecer" a relação com Brasil. "A cooperação é fundamental para o desenvolvimento da América Latina", disse ele em mensagem em rede social.

Ele confirmou convite ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para comparecer à sua posse em 24 de maio. O brasileiro havia publicado mensagem sobre a conversa dos dois em suas redes sociais.

Os dois conversaram pouco antes do fim de semana. "Conversei com o presidente Jair Bolsonaro para reafirmar nosso compromisso [para] fortalecer a relação entre Brasil e Equador", disse o equatoriano.

O banqueiro Guilherme Lasso, um político de direita de 65 anos, venceu as eleições presidenciais de seu país. Ele teve duas derrotas anteriores.

Lasso derrotou em segundo turno Andrés Arauz, um economista quase três décadas mais novo que ele e pupilo do ex-presidente Rafael Correa, que governou o Equador entre 2007 e 2017.

Internacional