PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ataques a tiros nos EUA deixam ao menos 6 mortos

Tiroteio em taverna dos EUA deixou três mortos e duas pessoas feridas; poucas horas depois, ataque no Texas fez mais três vítimas fatais - Tannen Maury/EFE
Tiroteio em taverna dos EUA deixou três mortos e duas pessoas feridas; poucas horas depois, ataque no Texas fez mais três vítimas fatais Imagem: Tannen Maury/EFE

Colaboração para o UOL

18/04/2021 14h10Atualizada em 18/04/2021 17h02

Dois ataques a tiros foram registrados hoje nos Estados Unidos, deixando ao menos seis mortos nos estados de Wisconsin e Texas.

A primeira ocorrência foi registrada dentro de uma taverna, identificada como The Somers House, pouco antes da 1h da manhã. Já o segundo, em Austin, capital texana, aconteceu pouco antes do meio-dia, no horário local.

No caso em Wisconsin, pelo menos três pessoas morreram e outras duas ficaram feridas, em informações confirmadas pela Globo News.

O xerife do condado de Kenosha, em que aconteceu o ataque, falou à CNN americana que os tiros teriam sido efetuados por um cliente retirado do estabelecimento.

"Parece que uma pessoa foi retirada do estabelecimento e possivelmente voltou pouco tempo depois e começou a atirar", declarou David G. Beth.

Ainda à emissora, o xerife disse que "não está claro exatamente por que essa pessoa foi removida ou se havia um ou mais atiradores". O paradeiro do suspeito ainda é desconhecido.

Texas

Pelo menos outras três pessoas foram mortas no incidente do começo da tarde no Texas, disseram autoridades locais à Reuters.

Poucas horas depois do incidente em Wisconsin, a polícia de Austin declarou que seus agentes estavam na cena de um incidente ativo com tiros na região noroeste da cidade, sem dar mais detalhes sobre qual foi o cenário do tiroteio.

O Departamento de Serviços Médicos de Emergência do Condado de Austin-Travis afirmou que três pacientes adultos morreram ainda no local em que os tiros ocorreram.

Nenhum outro paciente foi registrado ou localizado até o momento, afirmou o departamento, pelo Twitter, cerca de uma hora depois das primeiras notícias do incidente.

A polícia pediu que moradores evitem a área.

Série de ataques

Estes foram o terceiro e o quarto ataque a tiros que aconteceram nos Estados Unidos em poucos dias. No fim da noite de quinta-feira (15), pelo menos oito pessoas morreram em um tiroteio em uma unidade da FedEx na cidade de Indianápolis, no estado da Indiana. Houve vários feridos.

Na tarde de segunda-feira (12), uma pessoa morreu e um policial ficou ferido durante um tiroteio em uma escola de ensino médio em Knoxville, no estado do Tennessee. O autor dos disparos era um estudante, que foi encontrado no banheiro da unidade escolar, e foi morto após entrar em confronto com os agentes.

Já no último dia 8, um homem abriu fogo em uma loja de móveis na cidade de Bryan, no estado do Texas. Uma pessoa morreu e sete ficaram feridas, quatro delas em estado grave. O ataque aconteceu poucas horas depois de o presidente Joe Biden anunciar medidas para o controle de armas de fogo no país.

Internacional