PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Mulher leva susto ao encontrar ninho gigante em sótão na Nova Zelândia

Uma mulher de Auckland, na Nova Zelândia, encontrou um antigo ninho de insetos no sótão da casa dela - Reprodução/Facebook
Uma mulher de Auckland, na Nova Zelândia, encontrou um antigo ninho de insetos no sótão da casa dela Imagem: Reprodução/Facebook

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/05/2021 15h58Atualizada em 17/05/2021 15h58

Uma moradora de Auckland, na Nova Zelândia, fez uma descoberta bizarra no sótão de sua casa, se deparando com um ninho enorme no local.

Diante do "intruso" desconhecido, a mulher compartilhou fotos em um grupo no Facebook esperando que usuários pudessem ajudá-la a identificar o invasor. E em meio a piadas sobre uma possível entidade sobrenatural, alguns internautas apontaram a semelhança da foto com um ninho de vespas-europeias.

Essas criaturas, de nome científico Vespa crabro, são comumente encontradas na Nova Zelândia e na Austrália, mas normalmente habitam áreas florestais e rurais.

Elas costumam ser agressivas quando se sentem ameaçadas e sua picada pode ser perigosa para pessoas alérgicas a insetos, causando um forte choque anafilático, segundo contou ao News.com.au, Dieter Hochuli, ecologista e professor da Universidade de Sydney.

O especialista alerta que o perigo é ainda maior em épocas quentes do ano, quando a rainha do ninho cuida de larvas até que elas se tornem operárias.

"As coisas realmente aumentam com a construção de ninhos e você começa a ver esses ninhos realmente grandes surgindo", explica Hochuli. "O ninho continua crescendo durante o verão e então tudo começa novamente no outono com um novo grupo de machos e rainhas."

A mulher de Auckland posteriormente atualizou a sua publicação, confirmando que o ninho pertencia a vespas-europeias, mas que não está mais ativo.

"Elas não vão reabitar um ninho dormente e ele vai quebrar naturalmente com o tempo", concluiu.

Internacional