PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem morre após salvar criança de abelhas; bombeiro leva 60 picadas

Abelha, abelhas, colmeia, enxame, picadas, mel - Getty Images
Abelha, abelhas, colmeia, enxame, picadas, mel Imagem: Getty Images

Colaboração para UOL, em São Paulo

03/08/2021 11h40Atualizada em 03/08/2021 11h44

Um homem identificado como David Santiago morreu após ser picado centenas de vezes por um enxame de abelhas. O paisagista havia salvado uma criança do ataque, mas não conseguiu se proteger, segundo o Newsweek.

O caso ocorreu no dia 29 de julho, na vila de Marana, no estado de Arizona, Estados Unidos. O paisagista de 29 anos havia colocado uma criança em seu automóvel de trabalho, entretanto, não foi capaz de entrar no carro antes de ser atacado fatalmente.

A criança, que teve sua identidade preservada, também foi picada, mas sua condição foi mais leve. Além das duas vítimas, o grupo de socorro, incluindo três bombeiros, sofreu com ferroadas - um deles levou 60 picadas.

Segundo o Northwest Fire District, os bombeiros precisaram ser encaminhados ao hospital da cidade. A espécie das abelhas não foi divulgada.

"Podemos confirmar uma fatalidade, um homem adulto", escreveu o NFD no Twitter. "Uma grande colmeia aberta, estimada em cerca de 45 quilos, estava localizada em uma árvore próxima".

Conforme notificou o Departamento de Polícia de Marana, a colmeia foi removida ainda no mesmo dia, embora os oficiais tenham deixado um alerta para "algumas abelhas remanescentes" nas proximidades.

Internacional