PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Homem morre ao ser esmagado pelo próprio carro em drive-thru do McDonald's

O cunhado da vítima, Neal Pender, disse em entrevista a um jornal que a família está abalada - Reprodução/Global News
O cunhado da vítima, Neal Pender, disse em entrevista a um jornal que a família está abalada Imagem: Reprodução/Global News

Colaboração para o UOL, em Ferraz de Vasconcelos (SP)

14/09/2021 12h30Atualizada em 15/09/2021 08h40

O canadense Tony Eyles, de 42 anos, morreu após o carro que dirigia perder o controle e esmagá-lo contra a parede de um drive-thru do McDonald's. A polícia de Vancouver vai investigar a causa do acidente com a ajuda das imagens registradas pelas câmeras.

Segundo informações preliminares, tudo aconteceu quando Eyles voltava para o carro, após ter pago a refeição, no sábado (11). O veículo avançou involuntariamente e provocou o incidente fatal. Ele ficou preso entre a porta e a estrutura do restaurante.

A polícia informou que foram prestados os primeiros socorros, mas o homem não resistiu e morreu no local. Ele deixa a esposa e dois filhos.

"É um cenário absolutamente doloroso. Nossas mais profundas condolências vão para a família e amigos deste homem", disse a policial Tania Visintin que atendeu a ocorrência.

O cunhado da vítima, Neal Pender, disse em entrevista ao jornal canadense Global News que a família ficou abalada.
"Minha irmã está arrasada. Eles eram melhores amigos e tinham um casamento incrível. Eram melhores amigos", declarou.

Corrente de solidariedade

A tragédia comoveu a comunidade local. Para apoiar a família no momento de luto, duas páginas de arrecadação de fundos foram lançadas. Até às 17 horas do mesmo dia do acidente já havia sido arrecadado 60.000 libras (R$ 435 mil). Um dos organizadores de uma das páginas, Chris Potter, afirmou que Eyles "foi um marido, pai, amigo e colega incrível".

Internacional