PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

'Xamã' tenta ferver urina de urso para beber e provoca incêndio florestal

Alexandra Souverneva, de 30 anos, foi presa acusada de desencadear o Fawn Fire, incêndio florestal na Califórnia - Reprodução/Youtube
Alexandra Souverneva, de 30 anos, foi presa acusada de desencadear o Fawn Fire, incêndio florestal na Califórnia Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/09/2021 19h34

Uma mulher que se diz "xamã" foi presa por iniciar um incêndio florestal, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, após acender uma fogueira em que ferveria urina de urso para beber. A queimada já atingiu mais de 34 quilômetros quadrados de solo e destruiu 41 casas e 90 estruturas menores.

Segundo o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (Cal Fire), Alexandra Souverneva, de 30 anos, caminhava no local onde o fogo começou, quando se deparou com uma poça de urina de urso e tentou acender uma fogueira para ferver o líquido. Ela alega não ter tido êxito, ter bebido o líquido como encontrou e ter seguido sua caminhada.

Mais tarde, trabalhadores que atuavam na região a viram em uma pedreira na região do condado de Shasta, próximo à origem do incêndio, e informaram às autoridades. Ela acabou tendo que ser resgatada pelos bombeiros após ficar desidratada e cercada pelo fogo.

A polícia disse que foi encontrado um isqueiro no bolso da mulher. Ela foi autuada na cadeia local. Se condenada, pode pegar até nove anos de prisão.

Vários incêndios florestais, alimentados por altas temperaturas e seca extrema, estão devastando diversas áreas da Califórnia. O Dixie Fire, por exemplo, é o maior incêndio florestal do estado e já queimou 130 mil hectares. Outro foco, o River Fire carbonizou 2.400 acres nos condados de Nevada e Placer, forçando milhares de pessoas a deixarem suas casas. Segundo o governo norte-americano, há cerca de 22 focos de incêndios ativos na Califórnia.

Internacional