PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA: Senador diz que '40 mil brasileiros com bolsas Gucci' entraram no país

O senador norte-americano Lindsey Graham em entrevista ao canal Fox News - Reprodução
O senador norte-americano Lindsey Graham em entrevista ao canal Fox News Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

13/10/2021 20h14

Lindsey Graham, um senador norte-americano do mesmo partido do ex-presidente Donald Trump, disse que "40 mil brasileiros com bolsas da Gucci e roupas de grife" entraram ilegalmente nos Estados Unidos recentemente, como resultado da política de imigração do governo de Joe Biden.

"Tivemos 40 mil brasileiros atravessando somente através do setor de Yuma [área em que estados da Califórnia e do Arizona fazem fronteira com o México], indo para o estado de Connecticut usando roupas de grife e bolsas da Gucci", disse ele em entrevista ao canal Fox News. "Não é mais migração econômica, as pessoas veem os Estados Unidos abertos e estão tirando vantagem de nós".

Graham disse que a mudança na política migratória incentiva as pessoas a virem ao país. "A informação saiu. Você vem, pede asilo, e nunca vai embora. As escolhas de políticas de Biden estão por todo o mundo agora", continuou.

Até junho deste ano, o Brasil era o oitavo país com mais imigrantes tentando entrar de forma irregular no país. Segundo dados do órgão de Alfândega e Proteção de Fronteiras norte-americano, 21,9 mil brasileiros haviam sido detidos ao tentar cruzar a fronteira do México com os EUA.

Ao jornal britânico Independent, o porta-voz de Graham disse que o senador obteve o número em conversas com agentes da patrulha da fronteira no setor de Yuma, onde esteve recentemente.

Internacional