PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Milhares de bichos marinhos surgem mortos misteriosamente em praia inglesa

A causa do incidente ainda está sendo analisada - Reprodução/Twitter/@12BBYTHESEASIDE
A causa do incidente ainda está sendo analisada Imagem: Reprodução/Twitter/@12BBYTHESEASIDE

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/10/2021 14h52

Um fenômeno raro chocou moradores das cidades litorâneas da região de Teesside, no norte da Inglaterra, nos últimos dias. Os residentes notaram que as praias ficaram repletas de criaturas marinhas vivas e mortas, que se acumulavam em pilhas.

Os caranguejos, lagostas e vários outros tipos de crustáceos causaram preocupação e a agência ambiental local foi acionada para investigar o ocorrido, conforme reporta o TeessideLive.

A instituição considera que a poluição pode ter favorecido as mortes.

"Amostras de água, sedimentos, mexilhões e caranguejos foram coletadas e estão sendo enviadas aos nossos laboratórios para análise, para avaliarmos se algo relacionado à poluição poderia ter contribuído para a morte dos animais" disse um porta-voz da Agência ontem.

Sharon Bell foi uma das que se comoveram com a situação e decidiu tomar uma atitude.

"Eu e meu marido passamos horas colocando tantos [crustáceos] vivos quanto podíamos de volta ao mar. Algo está muito, muito errado aqui. Isso vem se acumulando há algumas semanas na nossa costa e ninguém está fazendo nada a respeito", desabafou a mulher que mora na área há 21 anos e "nunca viu nada parecido".

Internacional